Plantas de recuperação de soda cáustica

A mercerização é um processo de acabamento na indústria têxtil onde os tecidos são tensionados e tratados com soda cáustica. Grandes quantidades de soda cáustica diluída (lixívia fraca) é um subproduto da mercerização. As plantas de recuperação de soda cáustica da Koerting podem transformar grande parte da lixívia fraca em soda cáustica concentrada reutilizável (lixívia forte). A Körting Hannover AG tem atuado neste mercado há mais tempo do que quaisquer outros fabricantes, sendo a líder global em plantas de recuperação de soda cáustica.

Diagrama do processo de mercerização. A planta de recuperação de soda caustica da Körting é referência em operação sustentável

Vantagens das Plantas Körting

  • Líder global em plantas de recuperação de soda cáustica
  • A soda cáustica (lixívia fraca) utilizada pode ser recuperada
  • A soda recuperada pode ser alvejada com peróxido de hidrogênio
  • Condensado de vapor com qualidade excelente devido ao uso de separadores de gotículas espiralados
  • Como resultado, o condensado possui alcalinidade baixa, e pode ser utilizado em outros processos, como na lavagem e branqueamento.
  • Planta energeticamente eficiente (água quente gerada é utilizada no processo)
  • Sustentabilidade no processo de mercerização
  • Retorno de investimento em menos de um ano
  • Vasta experiência: desde 1956, mais de 200 plantas foram instaladas em mais de 50 anos.
Planta de recuperação de soda cáustica da Körting
Körting CRP
Lixívia fraca (esquerda), lixívia forte antes da limpeza (centro), lixívia forte após limpeza (direita)
Weak lye (left), strong lye before cleaning (centre), strong lye after cleaning (right)

Sustentabilidade e rápido retorno de investimento

Sustentabilidade tornou-se um objetivo importante para diversas empresas do segmento têxtil. A tecnologia da Körting permite que as empresas têxteis introduzam sustentabilidade ao processo de mercerização. Devido ao processo de recuperação, o operador não tem que se preocupar em descartar a lixívia fraca, beneficiando diretamente o meio ambiente. Pelo fato de ser reaproveitada, a economia em soda de € 1.000.000 ou mais por ano se torna possível. A planta de recuperação de soda cáustica pode apresentar um retorno de investimento no prazo de um ano. Como resultado, pode-se permanentemente reduzir custos operacionais referentes a mercerização. Ao projetar a planta, os engenheiros da Körting já consideram o potencial de economia no cálculo.

As plantas de recuperação de soda Körting não se limitam aos tecidos brancos, também podendo ser utilizadas em processos com tecidos tingidos e denim.

O produto autêntico feito na Alemanha

Na década de 1950, os engenheiros da Koerting desenvolveram as primeiras plantas de recuperação de soda cáustica para processos têxteis. A primeira unidade de recuperação de soda cáustica foi comissionada em 1956. Ao longo dos últimos 60 anos, mais de 200 plantas foram iniciadas em mais de 50 países. Em todo o mundo os operadores de depositam sua confiança na experiência e confiabilidade das plantas da Koerting. Qualidade “made in Germany” não é apenas almejada na Europa, mas também ao redor do mundo todo no segmento têxtil. Nenhuma outra empresa tem estado envolvida há tanto tempo na fabricação de plantas de recuperação de soda como a Körting Hannover AG.

Calculation: Estimation of weak lye flow rate

Use our calculation tool to estimate the weak lye flow rate

Brochura, informações e notícias

Technical enquiry questionnaire

Please use the questionnaire for Caustic Recovery Plants (CRP) for your request of a technical enqiury.